Qual fator você considera ao procurar determinado produto ou serviço? Preço ou valor?

Antes de tudo, considera-se importante salientar a diferença que estas duas palavras carregam consigo em seu sentido literal. Preço, é o custo de determinado produto ou serviço. Valor, é o preço atribuído a algo com alta estima e valia. Benefício está relacionado à valor.

E onde isso se encaixa no mundo dos negócios?

A forma em que as empresas se posicionam em relação à essas pequenas palavrinhas, ditam muito sobre a qualidade do serviço que elas oferecem.

O processo de satisfação do cliente envolve diversos fatores, e o pilar de tudo é: qualidade. Cliente que recebe qualidade, transmite satisfação.

Vemos uma grande massa de empresas concorrendo ferrenhamente o posto de ‘’serviço/produto mais barato já visto no mercado’’.

No entanto, agora que sabemos a diferença entre esses dois substantivos que podem salvar ou acabar com a sua experiência de consumidor, podemos repensar os requisitos que estamos pré estipulando antes de consumirmos um serviço ou produto.

E, porque devemos levar valor em consideração?

No mercado da concorrência entre ser o ‘’mais acessível’’ do mercado, temos uma disputa muito pequena! Ou eu sou o mais barato, ou eu não sou. Fazendo assim, com que o desenvolvimento de tal produto se estagne, levando o empenho que deveria ser usado para aperfeiçoar valor, para forçar diminuição de preço.

A grande sacada:

Contrastando a ideia de concorrer ao posto dos ‘’acessíveis’’, entram as empresas que se empenham em se destacar no posto dos ‘’melhores’’! O mais barato, nunca será o melhor, pois a concorrência a que ele se dedica, não leva isso em consideração.

Logo, empresas que busquem se destacar como referência, investem, fixam-se em te satisfazer e tornar a sua experiência de compra/aquisição, a melhor do mundo.

Lição:

Para ter uma experiência inesquecível, completamente satisfatória e que te dê um ‘’gostinho de quero mais’’, invista em empresas que te coloquem como centro ao desenvolver um produto. Empresas que busquem de forma exaustiva, te oferecer algo que te deixe completamente feliz e supere as suas expectativas.

Quando optamos por preço, escolhemos algo que ao ser desenvolvido não colocou a nossa satisfação como “focal point’’de toda a operação, mas, a concorrência com um mercado que por sua vez, não te trará custo benefício.

Em tempos de consumidor 3.0, seja exigente com aquilo que consome. Fique atento às empresas que só podem te oferecer preço, e se jogue sem medo naquelas que visam te proporcionar valor.

Não podemos exigir valor, de quem escolheu oferecer preço.

Encontrou sua resposta?