Transformação Digital é o processo em que empresas usam tecnologias digitais para solucionar problemas tradicionais, como: quedas no desempenho, produtividade, agilidade e eficácia. Essa transformação deve partir de uma mudança estrutural nas organizações.

O que é transformação digital

Empresas que surgiram antes da internet enfrentam um grande desafio: muitas das regras que ditavam o progresso dos negócios não se aplicam mais. Mas a mudança é possível! Essas empresas podem se transformar e acompanhar a era digital.

Transformação digital é um processo na qual as empresas fazem uso da tecnologia para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir resultados melhores. É uma mudança estrutural que dá o papel de protagonista para a tecnologia.

Todas as empresas estão investindo nisso, certo? Errado!

Trata-se de uma mudança extrema na estrutura das empresas, a qual a tecnologia passa a ter um papel estratégico central. Entre os fatores que precisamos entender está o impacto desse tipo de mudança. o que nos leva ao próximo tópico.

Impacto da transformação digital na sociedade

Mas como esse impacto acontece?

É simples, pense em como o uso da tecnologia vem transformando as nossas vidas a cada dia. As coisas ficaram mais rápidas, o volume de informações é infinitamente maior que antes e não para de aumentar. Tudo isso faz com que as pessoas estejam mais distraídas e exigentes do que nunca. Essa é a primeira mudança: há uma clara alteração de comportamento.

Além disso, a nossa vida ficou bem “mais fácil”, pois serviços e produtos automatizados oferecem uma comodidade impensada alguns anos atrás. Com a evolução da tecnologia, surgem tanto novas soluções quanto problemas que precisam de atenção, o que obriga as empresas a se adaptar para suprir as demandas da sociedade.

É aí que entra a transformação digital! Por meio dela, é possível otimizar vários processos. As possibilidades são ilimitadas. E qual o papel das empresas nesse contexto?

Elas são encarregadas de fornecer a sociedade a tecnologia de espaço de trabalho digital que melhorará a experiência dos funcionários, com o objetivo de atender suas diferentes expectativas e preferências. É preciso pensar na constante mudança do seu cliente para entender a importância da transformação digital.

A transformação digital não é só mais uma palavra da moda, um termo bonito para dizer que vale a pena investir em Facebook Ads ou algo do tipo. Pelo contrário, ela faz parte de um processo muito maior, que é chamado de progresso tecnológico.

De acordo com o livro “Transformação Digital: repensando o seu negócio para a Era Digital”, de David L. Rogers, especialista em estratégia digital, existem 5 domínios estratégicos em mutação nessa era que fazem com que possamos observar esse novo mundo mais de perto. Eles são os clientes, competição, dados, inovação e valor. Ao longo desses 5 domínios, as tecnologias digitais estão redefinindo muito dos princípios básicos da estratégia e mudando as regras de como as empresas devem operar no mercado para serem bem-sucedidas.

Muitas das velhas restrições foram superadas e novas possibilidades estão disponíveis agora. As empresas que surgiram antes da internet precisam se conscientizar de que muitos dos seus pressupostos fundamentais devem ser atualizados. Vamos aprofundar um pouco sobre cada um desses domínios.

Cliente

O primeiro domínio da transformação digital é o cliente. Isso não é novidade.

Os clientes se conectam e interagem com a marca dinamicamente. Hoje, eles estão o tempo todo se influenciando reciprocamente e construindo a reputação das empresas e marcas.

O uso de ferramentas digitais está mudando a maneira como os consumidores descobrem, avaliam, compram e usam os produtos, e como compartilham, interagem e se mantêm conectados com as empresas.

Por isso, valorize o seu cliente e trate-o da melhor maneira possível!

Competição

O segundo domínio da transformação digital é a competição. Está acontecendo algo engraçado em relação a esse aspecto. Tradicionalmente competição e cooperação eram vistas como opostos. Hoje estamos caminhando para um mundo de fronteiras mais fluidas em relação aos setores. Os nossos maiores desafios podem ser concorrentes fora do nosso segmento que oferecem valores parecidos.

O resultado dessas mudanças é um grande deslocamento do que chamamos de competição. A batalha é sobre uma disputa de influência entre empresas, com modelos de negócio muito diferentes, cada uma buscando a alavancagem diante ao consumidor final.

Dados

O domínio seguinte da transformação digital são os dados: como as empresas produzem, gerenciam e usam a informação.

Até algum tempo atrás, os dados eram oriundos de pesquisas e pastas físicas armazenadas em grandes armários. Esses dados eram utilizados para previsões, avaliações e tomadas de decisões.

Com as mídias sociais, os dispositivos móveis e canais de uma empresa, todos os negócios têm acesso a uma enxurrada de dados não estruturados, que são gerados sem planejamento e que podem ser usados, cada vez mais, para alimentar novas ferramentas analíticas.

Agora, os dados estão se transformando em uma grande vertente para todas as unidades organizacionais e em ativos estratégicos a serem desenvolvidos e explorados ao longo do tempo. Os dados são componentes fundamentais de como todas as empresas funcionam, se diferenciam nos mercados e geram novo valor.

Inovação

O quarto domínio da transformação digital é a inovação: o processo pelo qual novas ideias são desenvolvidas, testadas e lançadas no mercado.

Tradicionalmente, a inovação era gerenciada com foco exclusivo no produto acabado. Como os testes de mercado eram difíceis, a maioria das decisões sobre inovação se baseavam em intuição. As startups e empresas de tecnologia de hoje possibilitam que a inovação seja encarada de maneira muito diferente, com base no aprendizado contínuo, por experimentação rápida. Essa nova abordagem à inovação se concentra em experimentos cuidadosos e em protótipos de viabilidade mínima, que maximizam o aprendizado ao mesmo tempo que minimizam os custos.

Dessa maneira, os produtos são desenvolvidos por meio de repetições sucessivas, mediante um processo que economiza tempo, reduz o custo financeiro e melhora o aprendizado organizacional.

Valor

O domínio final da transformação digital é o valor que o negócio entrega aos clientes.

Tradicionalmente, a proposta de valor da empresa era considerada duradoura ou quase constante. Na era digital, confiar em proposta de valor imutável é semear desafios e dar vantagem para concorrentes com propostas de valor mais atraentes.

A única prevenção segura em um contexto de negócios em mutação é escolher o caminho da evolução constante, considerando todas as tecnologias como maneira de estender e melhorar a proposta de valor aos clientes.

Em vez de esperar para adaptar-se quando a mudança se tornar questão de vida ou morte, as empresas devem concentrar-se em aproveitar as oportunidades, descartando as fontes ruins de vantagem competitiva e adaptando-se desde agora para se manter na dianteira.

É claro que para pensar em transformação digital, é necessário passar-se antes por um processo de digitalização

Encontrou sua resposta?